a cabana · amor · avivamento · cristão · Deus · dia a dia · filme

A Cabana – Filme reflexivo

Olá garotas e garotos , tudo bem?

Semana passada eu vi o filme a Cabana e gostei bastante. Se você ainda viu, ve primeiro depois volte nessa leitura ok?

Vai lá!

Já viu o filme? Sim? Então vou deixar a minha conclusão aqui do filme =)

O filme fala sobre nosso relacionamento com Deus e o nosso exercício de exercer o perdão. Afinal, perdoar um parente as vezes é bem mais fácil do que perdoar um assassino né?

gallery-5.jpg

Mas quando sua fé e tudo que você é, é colocado em xeque? E ai? Como lidar com isso? Sabemos que somos falhos e muitas vezes julgamos quem deveria ser perdoado ou não. Mas quando nos colocamos no lugar de juiz quanto coisa muda não é mesmo? Só parece ser fácil no primeiro momento, mas depois ficamos acorrentados. Se tivemos que escolher entre salvar nossa mãe ou nosso pai ou nosso irmão ou nossos avós ou nosso conjugue quem você escolheria? Difícil ter que abrir mão de alguém que amamos por outro que amamos também . Vou te contar uma coisa..Deus também sofre com isso…

211673.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Deus queria que todos fossem salvos e pudessem viver a Graça Dele mas muitos o rejeitam e Ele deve julgar quem viverá com Ele pra sempre ou não. Difícil ser juiz não é mesmo?

421059.jpg

Não tente ser o juiz de sua vida. Deixe esse papel com aquele que sabe de todas as coisas. E outra coisa, saiba perdoar! Quando você perdoa você se liberta! Faça esse exercício hoje e entregue sua vida a Cristo! Te garanto que sua vida não será a mesma.

Grande abraço e até o próximo post,

Anúncios

3 comentários em “A Cabana – Filme reflexivo

  1. Ei!! Boa tarde e Feliz Páscoa 🙂

    Ontem eu assisti ao filme. Gostei muitíssimo e me surpreendi bastante. Eu já havia lido o livro há alguns anos e me lembrava de algumas coisa. De fato DEUS é muito lindo e acho que o filme ilustrou de uma maneira interessante como DEUS ama especialmente cada um de nós, seus filhos, e como nos sentimos únicos com esse amor. Perder alguém é algo muito complicado e difícil de “aceitar” ou “entender”. Eu perdi meu pai aos 15 anos, ele tinha diabetes. Não eramos religiosos (no sentido de seguir alguma religião ou frequentar alguma congregação), mas minha mãe sempre nos ensinou sobre DEUS, então eu tinha o hábito de orar. Meu pai sempre passava mal e eu sabia que podia contar com DEUS, porém um dia meu pai se foi e foi muito doloroso. Minha mãe sempre nos ensinou a não questionar a DEUS, porém doía saber que DEUS poderia curar meu pai e na época eu queria muito entender o porquê não o curou. Com o tempo DEUS foi nos aproximando mais DELE e eu pude entender o quão precioso foi o tempo em que meu pai esteve conosco (meu pai foi um homem incrível) e como DEUS cuidou dele e de todos nós. DEUS, de fato, é o consolador e somente ELE sabe cuidar das nossas feridas mais profundas. Por isso gostei demais desse filme e super recomendo 😀

    Fraterno abraço e bom restinho de domingo

    Joyce Ferreira

    Curtido por 1 pessoa

    1. Que belo testemunho, Joyce! Que Deus continue te abençoando de uma forma muito especial! Saiba que Ele tem planos pra sua vida =) Continue sempre confiando Nele. Obrigada por compartilhar sua história! Só Deus para nos consolar em momentos de dores tão profundas que muitas vezes nem conseguimos exprimir e ao mesmo tempo testar a nossa fé Nele. Afinal, Deus sabe o que está fazendo e consegue ver onde não conseguimos e nunca deixa de demonstrar seu amor mesmo na dor…Feliz Pascoa! Grande abraço, Ju.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s